Grupos de Estudos

      Os grupos de estudos são constituídos por sócios com interesses comuns que se agrupam com o objectivo de organizar e desenvolver actividades compatíveis com os fins e atribuições da associação.

      Cada grupo tem assim objectivos próprios compatíveis com os estatutos da associação.

      Grupo de Estudos de Bioética e Ética Médica
       
      Grupo de Estudos de Medicina Centrada na Pessoa
       
      Grupo de Estudos de Classificações
       
      Grupo de Estudos de Comportamentos Aditivos

      Grupo de Estudos da Diabetes
       
      Grupo de Estudos de Cuidados Paliativos
       
      Grupos de Estudos de Saúde Mental
       
       
       
      Grupo de Estudos de Saúde Infantil/Juvenil
       
      Grupo de Estudos de Doenças Cardiovasculares
       
       
      Grupo de Estudos da Família

      Grupo de Estudos de Exercício Físico e Nutrição
       

       

      Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias/GRESP

      Constituição do Grupo
       
       
      1. Constituição do Grupo
       
      Comissão Executiva do Grupo
       
      Coordenador – Rui Costa (Diretor Adjunto e Médico de Família na Sãvida Medicina Apoiada, SA)
      Secretário – Cláudia Vicente [Médica de Família na UCSP Mealhada]
      Tesoureiro – João Ramires [Médico de Família na USF Marginal]
      Vogal – Carlos Gonçalves [Médico de Família do Millenium BCP]
      Vogal – Luís Alves (Médico de Família na USF St André de Canidelo)
       
      Colaboradores:
      Ana Figueiredo, Ana Margarida Carvalho, Ana Margarida Cruz, Ana Quelhas, Cândida Neves Mendes, Carlos Silva Russo, Catarina Gomes, Clara Pinto Ferreira, Cláudia Bulhões, Cláudia Vicente, Diana Martins, Dyna Torrado, Eurico Silva, Fernando Calvário, Fernando Ferreira, Filipa Almada Lobo, Helder Humberto, Irene Lopes, Iwona Tomczak, Joana Cabrita, José Augusto Simões, Luís Silva,  Margarida Mesquita, Pedro Azevedo, Susana Vilas Boas, Tânia Colaço.
       
       
      2. Funções/objectivos 
       
      a) Estabelecer grupos de trabalho em áreas prioritárias: Asma/ Rinite; DPOC; Infecções Respiratórias (pneumonia e tuberculose); Parceria com Grupo MGF Tabaco.
      b) Assegurar a representação no International Primary Care Respiratory Group (IPCRG), sendo a APMGF a organização Portuguesa filiada.
      c) Consolidar uma Rede de investigação na área das doenças respiratórias
      d) Traduzir e divulgar documentos de entidades reconhecidas neste campo (normas de orientação clínica e recomendações, ferramentas médica, adaptação transcultural de escalas/ instrumentos úteis para prática clínica).
      e) Promover atividades de Formação - Destinatários – Internos MGF e Médicos de Família.
      f) Organizar a Formação em rede –  formar formadores, que irão posteriormente poder replicar as atividades formativas.
      g) Estebelecer parcerias com os departamentos de formação (Congresso e Encontro Nacionais, Escolas da APMGF) e com as Faculdades de Medicina.
      h) Cativar novos colaboradores (sócios da APMGF) para se inscreverem no núcleo, questionando as principais áreas de interesse. 
      i) Convidar colaboradores para áreas de trabalho específicas.
      j) Criar bases de dados, com a colaboração de diferentes profissionais interessados em todo o país, que possibilite atividades de investigação.
      k) Realizar cursos pós-laborais de formação.
       
       
      3. Trabalhos desenvolvidos  
       
      a) Projectos a decorrer-  ICAPP (Improving the Care of Asthma Patients in Portugal), CARAT (questionário de monitorização da asma e rinite já publicado), Projectos de validação transcultural de escalas – mPEI; MARS-A.
      b) Actividade dos elementos Portugueses no IPCRG:
      - Ligação/ coordenação:
      Jaime Correia de Sousa– membro do Board do IPCRG
      Jaime Correia de Sousa– membro do Sub-Committee, área de investigação, asma e rinite.
      - Investigação:
      - The ICAPP study (Improving the Care of Asthma Patients in Portugual)
      IPCRG have provided a grant to Universidade do Minho for Dr Jaime Correia de Sousa and Dr John Yaphe to undertake research on the following questions: “Does improved recording of asthma care using items from the IPCRG guidelines improve the outcomes of asthma control for patients?” and “Are patient compliance, concordance and enablement associated with better asthma control and outcomes?”
      - Outras actividades no âmbito do IPCRG
      Jaime Correia de Sousamembro do Editorial Board do Primary Care Respiratory Journal http://www.thepcrj.org/about/editors.php, na seção de Educação.
      Carlos Gonçalvesmembro do International Editorial Board do Primary Care Respiratory Journal
      Rui Costa – participou no grupo de trabalho e foi co-autor de International Primary Care Respiratory Group (IPCRG) Guidelines: Management of allergic rhinitis - http://www.thepcrj.org/journ/vol15/15_1_58_70.pdf
      Carlos Gonçalves e Rui Costaparticiparam como IPAG Expert Panel and Authorsna elaboração do documento Chronic Airways Diseases. A Guide for Primary Care Physicians. International Primary Care Airways Group (IPAG): January 2005.
      Carlos Gonçalves, Jaime Correia de Sousa e Rui Costaparticiparam na redacção do documento: The International Primary Care Respiratory Group (IPCRG) Research Needs Statement 2010 -http://www.thepcrj.org/journ/vol19/19_suppl_1_S1_S20.pdf
      Desktop helper difficult to manage asthma
      Jaime Correia de Sousa participou na elaboração da versão original e na tradução Portuguesa.http://www.theipcrg.org/download/attachments/1901269/Difficult+to+Manage+asthma+deskop+helper.pdf?version=1&modificationDate=1335729880000
      COPD Wellness Assessment Tools Guide
      Jaime Correia de Sousaparticipou no processo de avaliação e preparação do manuscrito para publicação. http://www.theipcrg.org/display/RESCOPD/COPD+Assessment+Tool+Guides
      Respiratory Abstracts Review / RespiratoryAt@Glance
      Jaime Correia de Sousaparticipa neste processo; edição periódica de um serviço de revisão e edição de abstracts de artigos sobre doenças respiratórias.http://www.theipcrg.org/mail/respiratory_abstract_review_issues.php
       
      c) Outras actividades
      - Investigação:
      Estudo EQLAP – Empowerment and Quality of Life of Asthmatic Patients – estudo concluído em fase de publicação. Coordenador: Jaime Correia de Sousa; outros participantes: Ana Margarida Cruz, Ana Quelhas, Alexandra Pina, Filipa Almada-Lobo, Joana Cabrita
      Prevalence of Asthma in an urban Population in Portugal - Jaime Correia de Sousa, Maria Espírito Santo, Tânia Colaço, Filipa Almada-Lobo, John Yaphe.Estudo concluído, publicado no BMC Public Health em:http://www.biomedcentral.com/1471-2458/11/347.
      Asthma incidence and accuracy of diagnosis in the Portuguese sentinel practice network - Jaime Correia de Sousa, Manuel Luciano Silva, Filipa Almada Lobo, John Yaphe. Artigo submetido e publicado no PCRJ. Acessível em: http://www.thepcrj.org/journ/vol19/19_4_352_357.pdf
      Incidência da DPOC na Rede Médicos Sentinela- Coordenador: Jaime Correia de Sousa; outros participantes: Ana Margarida Cruz, Dânia Ferreira, Joana Melo Cabrita - Estudo concluído, publicado na RPMGF.
      CARAT –Control of Allergic Rhinitis and Asthma Test – projecto coordenado por João Fonseca(jfonseca@med.up.pt) – FMUP.  Colaboraram Jaime Correia de Sousa, Carlos Gonçalves, Manuel Luciano Silva, Rui Costa http://respiratory-research.com/content/10/1/52
      - Edição:
      Rui Costaparticipou na elaboração do livro e aplicação interactiva “O Médico de Família e a Avaliação da Função Respiratória na DPOC”, patrocinado pela APMCG. http://www.sppneumologia.pt/sites/sppneumologia.pt/files/swf/apresentacao.zip
      - Formação:
      Foi concluída a primeira série de Oficinas GRESP de Formação de Formadores em Doenças Respiratórias que teve lugar em Matosinhos e Porto de Abril a Julho de 2011. Está em curso a preparação da segunda série, a realizar em Coimbra e Lisboa em 2013.
       
       
      4. Projectos em curso
       
      a) Construção de um link directo do site da APMCG para uma página do Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias, de forma a que exista uma maior divulgação do mesmo, que permita a participação e aquisição de novos colaboradores interessados. Deverá ser estudado um processo que permita aos membros do GRESP a actualização directa de conteúdos dessa página, sem necessidade de recursos à empresas de informática contratadas.
       
      b) Realização de uma reunião anual ou bienal do Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias da APMCG. A primeira teve lugar no Porto, nos dias 26 e 27 de Novembro de 2011, incluindo assembleia geral do grupo). O lema para jornadas foi: “Um novo fôlego na Medicina FamiliAR”.
       
      c) Traduzir textos e documentos do IPCRG, relevantes para apoio às boas práticas. A respetiva autorização foi obtida junto do IPCRG. É necessário garantir a respetiva edição e uma tradução profissional, ficando a revisão a cargo dos elementos do núcleo.
       
      d) Disponibilizar Newsletter do IPCRG aos sócios.
       
       
      5. Contactos disponíveis: gresp@apmcg.pt
       
       
      6. Outras informações úteis (ligações úteis, publicações de referência, documentos ou leitura aconselhada)
       
      a) Agenda do IPCRG
      - Uppsala 2013, 23-24 Maio(investigação)
      - Atenas 2014 –  Maio (mundial)
       
       
      7.  Links úteis
       
      Organizações dos Cuidados de Saúde Primários na área das doenças respiratórias:
      IPCRG – International Primary Care Respiratory Group

      Jornais e Publicações Científicas:

      Outros:
       
       
      8. Outros - Técnica Inalatória
       
      Técnica inalatória correcta: 46-59%

      Cochrane MG, Bala MV, Downs KE, Mauskopf J, Ben-Joseph RH.Inhaled corticosteroids for asthma therapy: patient compliance, devices, and inhalation technique. Chest 2000;117: 542e50

      Existem vários pontos-chave dependendo do tipo de inalador utilizado, mas basta por vezes apenas 1 erro para que toda a inalação ineficaz.
      O folheto de técnica inalatória resume todos os inaladores e compara as suas técnicas. É muito frequente os doentes misturarem procedimentos de diferentes inaladores, por exemplo, inaladores pressurizados e inaladores de pó seco, levando a erros na técnica inalatória.

      Descarregue aqui o folheto


      Os seguintes vídeos da Harvard Medical School Portugal podem servir para mostrar aos seus utentes a correcta técnica inalatória:
       
       
       
      Inalador pressurizado de dose calibrada (adulto)
       

       

      http://www.youtube.com/watch?v=LSxPlB0qRY&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=10&feature=plpp_video

      Inalador pressurizado de dose calibrada com câmara expansora (adulto)
      http://www.youtube.com/watch?v=evM-v-q19nQ&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=11&feature=plpp_video

      Turbohaler – (pó seco – multidose) - (adulto)
      http://www.youtube.com/watch?v=7ySi1I9H0k4&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=16&feature=plpp_video

      Diskus – (pó seco – multidose) - (adulto)
      http://www.youtube.com/watch?v=qBskvWz7JKA&feature=BFa&list=PLEBF6BD347A2A6E91



      Vários inaladores com diferentes técnicas – (criança)
      http://www.youtube.com/watch?v=A8-GhPtpwJY&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=15&feature=plpp_video

      Inalador pressurizado de dose calibrada com câmara expansora (criança)
      http://www.youtube.com/watch?v=2Bek4IpaJY8&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=13&feature=plpp_video

      Inalador pressurizado de dose calibrada (criança)
      http://www.youtube.com/watch?v=xBa079O1vQE&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=14&feature=plpp_video

      Aerolizer – (pó seco – unidose) - (criança)
      http://www.youtube.com/watch?v=yUEgJXkkS9Q&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=34&feature=plpp_video

      Diskus – (pó seco – multidose) - (criança)
      http://www.youtube.com/watch?v=UWOl-y2t9js&feature=BFa&list=PLEBF6BD347A2A6E91

      Turbohaler – (pó seco – multidose) - (criança)
      http://www.youtube.com/watch?v=XfrSEIrPxg0&list=PLEBF6BD347A2A6E91&index=12&feature=plpp_video
      http://www.youtube.com/watch?v=bc2jqs6pgWs&feature=bf_next&list=PLEBF6BD347A2A6E91

      A técnica inalatória deve ser revista em todas as consultas.

      Para um maior conhecimento sobre o assunto leia o artigo “What the pulmonary specialist should know about the new inhalation therapies” do EUROPEAN RESPIRATORY JOURNAL


      Descarregue aqui o artigo



      O GRESP tem feito desde 2011 várias oficinas de técnica inalatória para médicos de MGF.
      Participe numa próxima iniciativa.
       

       
      Grupo de Estudos de Exercício Físico e Nutrição
      Constituição do Grupo
       
       
      1. Coordenação do Grupo
       

      Marisa Daniela Agra Barros

      (USF Camélias – ACES Grande Porto VII)

       

      Pedro Miguel Tavares Prata

      (UCSP Anadia I – ACES Baixo Vouga)

       

      Tânia Vanessa da Silva Martins

      (USF Prelada – ACES Porto Ocidental)

       

      Contacto: genef@apmgf.pt

       


      Trabalhos desenvolvidos:

      Cartão de Bolso - Recomendações sobre Dieta Mediterrânica

      Cartão de Bolso - Recomendações sobre Exercício Físico na HTA

      Ficha Dia Mundial do Médico de Família 2016 - Benefícios do Exercício Físico


      Enquadramento

      O exercício físico e uma alimentação saudável são a pedra basilar para uma saúde populacional coesa. Também as doenças crónicas beneficiam de programas específicos de exercício e alimentação.

      Como Médicos de Família temos um papel essencial na prevenção, tratamento e reabilitação num vasto leque de patologias, nomeadamente: doenças cardiovasculares, respiratórias, osteoarticulares, endocrinológicas, oncológicas, bem como em grupos vulneráveis (crianças, grávidas e idosos).

      Este grupo de estudos propõe-se a transmitir esta mensagem aos Médicos de Família e à população, para que a comunidade viva segundo a definição de saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS) – “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades”.

      Objetivos

      Intervir na melhoria da qualidade de vida através de estilos de vida saudáveis

      Promover educação para a saúde;

      Definir um plano de exercício e alimentação específico que possibilitem um tratamento e reabilitação adequados;

      Incutir estilos de vida saudáveis em fases precoces da vida através da articulação com estabelecimentos de ensino.

      Constituir grupos de trabalho, com o objectivo de produzir recomendações sobre como organizar um plano nutricional e de exercício físico com os vários elementos da equipa de saúde, adaptado a cada doente e ao longo da sua vida;

      Convidar colaboradores para áreas de trabalho específicas;

      Trocar conhecimentos com outras organizações internacionais e com elas organizar atividades;

      Divulgar guias/algoritmos, que proporcionem abordagens sistemáticas e práticas de apoio aos cuidados de saúde primários e a outros profissionais de saúde da comunidade, de forma a optimizar os tratamentos e a melhorar os cuidados de saúde prestados aos nossos utentes;

      Elaboração de panfletos informativos para a comunidade;

      Realização de workshops/tertúlias;

      Publicação de artigos científicos (Revisões Baseados na Evidência, Revisões Clássicas, Casos Clínicos, Trabalhos da Qualidade e Investigação);

      Capacitar o sistema informático dos Cuidados de Saúde Primários, com escalas/tabelas com registo da alimentação (tal como no Programa de Saúde Infanto-Juvenil) e nível de actividade física/exercício dos utentes que possibilitem a vigilância/eficácia da intervenção do Médico de Família;

      Organizar actividades ao ar livre para promover exercício físico e alimentação saudável, nomeadamente: workshops, cursos sobre métodos de confecção culinária saudáveis, entre outras actividades que privilegiem a interação direta com a comunidade.

       


       

      Grupo de Estudos de Saúde da Mulher

       
      Constituição do Grupo
       
       
      1. Coordenação do Grupo
       
      Coordenador: Margarida Moreira
       
      Comissão Coordenadora: Gema Ponce, Nina Monteiro, Margarida Moreira
       
       

       

      Grupo de Estudos de Geriatria/Saúde do Idoso da APMGF

       
      Constituição do Grupo
       
      1. Coordenação do Grupo
       
      Comissão Coordenadora: Miguel Ferreira, Ana Vilaça, Filipe Prazeres, Joana Azeredo.
       

      Objectivos Gerais do Grupo

      Promover a notoriedade e a integração de conhecimentos em medicina geriátrica de uma forma colaborativa com os associados da APMGF e com todos os Médicos de Família.

      Sensibilizar para as especificidades da saúde da pessoa idosa.

      Divulgar conhecimentos necessários para a abordagem integral e adequada dos problemas da pessoa idosa.

      Plano

      Realizar o levantamento das necessidades formativas na área de geriatria sentidas pelos médicos especialistas e internos de MGF.

      Identificar, em cada ano de trabalho, um tema principal para estudo e reflexão.

      Produzir e divulgar conteúdos na área da geriatria, nomeadamente material de apoio à consulta, tendo em vista a resposta às necessidades práticas dos clínicos.

      Realizar e promover conferências, seminários e sessões de esclarecimento na área da geriatria.

      Colaborar nos eventos da APMGF.

      Promover actividades de investigação na área da geriatria no âmbito dos Cuidados de Saúde Primários.

      Dinamizar o dia do idoso (1 de outubro).

      Promover o grupo de estudos e as suas actividades.

      Cooperar com outros grupos de estudo da APMGF na preparação, divulgação e realização de iniciativas comuns ou próprias de cada grupo de estudos sempre que haja interesse na promoção conjunta.

      Estabelecer parcerias com sociedades de geriatria/gerontologia nacionais e internacionais.

      Contacto: geriatria@apmgf.pt